mensagens

mensagem pelo orkut, msn, email ... Sorria !

Significados de nomes com a letra: Z Significados de nomes com a letra: Y Significados de nomes com a letra: X Significados de nomes com a letra: W Significados de nomes com a letra: V Significados de nomes com a letra: U Significados de nomes com a letra: T Significados de nomes com a letra: S Significados de nomes com a letra: R Significados de nomes com a letra: Q Significados de nomes com a letra: P Significados de nomes com a letra: O Significados de nomes com a letra: N Significados de nomes com a letra: M Significados de nomes com a letra: L Significados de nomes com a letra: K Significados de nomes com a letra: J Significados de nomes com a letra: I Significados de nomes com a letra: H Significados de nomes com a letra: G Significados de nomes com a letra: F Significados de nomes com a letra: E Significados de nomes com a letra: D Significados de nomes com a letra: C Significados de nomes com a letra: B Significados de nomes com a letra: A
mensagens

O Fundo do Coração

A menina surpreendeu a avó balançando sua cadeira no alpendre do casarão. A boa e velha cadeira de balanço tinha um rangido que seria capaz de tocar a alvorada para os lavradores e empregados da antiga fazenda de café.

A velha senhora estava absorta em seus pensamentos, e sobre seu colo repousava um pequeno livro de Adélia Prado, chamado "Oráculos de Maio".

- Vó?

Deu um leve pulo na cadeira, mal disfarçando o susto, o que só fez ranger ainda mais forte a velha cadeira de balanço.

- Eu te assustei?

A tentativa de disfarçar o susto só aumentou o desequilíbrio da velha senhora.

- Não, meu bem, não. Está tudo bem... Está tudo bem?

A menina achou melhor mudar o assunto.

- Tudo bem, Vovó. Tudo bem. O que você está lendo?

Olhou para o livro como uma criança pilhada com o dedo no bolo.

- Estou lendo um livro de poesias de uma Vovó como eu, chamada Adélia.

- Você quer ler uma para mim?

- Claro, meu bem, claro. Deixa eu sortear uma - abriu o livro procurando por uma pequena poesia - aqui está. Posso ler?

- Manda...

- Esta aqui... diz assim: ARTE DAS TRIPAS, CORAÇÃO.

Ficou algum tempo parada, esperando pelo final do poema, até perceber que aquele era o final.

- Já acabou?

- Já.

- É só isso?

A menina mal disfarçou o seu desapontamento.

- A Vovó não te falou que os poetas conseguem falar um monte de coisas com poucas palavras?

Fez com os ombros, assentindo.

- Você quer que eu te explique o poema?

- Quero.

- Tem um filme que a Vovó gosta muito, mas que você não assistiu. É um filme mais para adultos. O título em Português é "Gênio Indomável"... Os títulos em Português são sempre assim, lamentáveis, acabam entregando o filme, é como chamar o filme de "Foi o mordomo..." A menina já sabia que quando a Vovó começava a divagar era melhor interromper o seu raciocínio.

- E qual é o título em Inglês, heim Vovó?

- Ah, que bom que você perguntou... O título em inglês é Good Will Hunting...

- E o que isso quer dizer?

- O personagem principal do filme chama-se Will Hunting.

- Good é bom.

- Exato.

- O filme se chama "O bom Will Hunting?"

- Não. O título tem um duplo trocadilho. Good Will significa Boa Vontade. Hunting pode significar Caçando. Então você pode ler esse título de dias formas: como o Bom Will Hunting, ou Procurando por Boa Vontade, Caçando Boa Vontade, tudo isso brincando com o nome desse personagem. É legal isso, não é?

Achou a brincadeira meio boba mas não falou para não desagradar a Vovó.

- E como é o filme?

- A história do filme é bem legal também. É a história de um pequeno marginal, que tem várias passagens pela Febem dos americanos por brigas e assaltos, Ele trabalha em uma universidade como faxineiro.

- E daí?

- Daí que ele é uma pessoa superdotada, que tem uma inteligência absurda e consegue resolver problemas de Matemática que nenhum aluno ou professor da faculdade tinha conseguido antes. Ele passa despercebido até o professor mais preparado em Matemática descobrir que te um prodígio trabalhando no almoxarifado da sua escola. Mas não é desse trecho do filme que eu quero falar.

A menina deu um discreto suspiro de alívio. Quando a Vovó desembesta a contar os seus filmes, acaba esquecendo do que estava falando, o que também contaminava a sua neta que após alguns minutos de conversa não consegue mais lembrar do que afinal elas estavam falando.

- Esse menino é super inteligente, mas é muito pobre e mesmo favelado. Ele começa a fazer terapia, pois o Professor que o descobre percebe que, apesar de ser um gênio da Matemática, emocionalmente o rapaz é muito torto e explosivo, além de não conseguir transformar seu talento em trabalho de verdade. Ele termina com vários terapeutas, até parar em um que também fora pobre como ele, entendendo melhor as suas dificuldades. Após um tempo de análise, esse terapeuta também conta a sua vida. Está dando para entender?

- Acho que sim. Mas o que o terapeuta conta para o Will?

- Conta que fora casado com uma mulher muito importante e que ela morreu de Cancer, o que o fez largar a Psicologia. Enquanto está fazendo essas sessões, o Will Hunting conhece uma moça, sai com ela e se apaixona. Mas não liga no dia seguinte.

- Por que ele não liga?

- Porque os homens de hoje em dia são assim... tem medo até da própria sombra. É só aparecer uma mulher de verdade na frente deles para se esconderem debaixo do carro ou de toneladas de gel para cabelos.

Não entendeu muito o que essa história tinha a ver com gel para cabelos, mas deixou por isso mesmo.

- Quando o seu terapeuta descobriu que ele saíra com a garota, tinha gostado muito dela e sumiu depois do encontro, ele falou: " Meu Deus, você é um amador!"

Ficou esperando, com medo que a história também terminasse por aí.

- O terapeuta tinha aprendido o que é transformar as tripas em coração.

- Como assim?

- Ele amou profundamente a sua mulher, viveu intensamente cada abraço, cada briga, cada esquisitice da vida a dois e, quando ela ficou doente, largou tudo para vê-la morrer, dia após dia. Depois de tudo isso, ele falou: Não me arrependo. Faria tudo de novo. Isso é que é a arte de transformar as tripas em Coração, meu bem. É se entregar no fundo da alma para o que você ama, esgotar até a última gota do preço que uma pessoa paga por amar. O tal do Will podia ser um gênio da Matemática, mas, em matéria de transformar tripa em coração era um verdadeiro retardado...

- É isso que o poema quer dizer, Vovó?

- O poema quer dizer que , para termos a arte da vida, precisamos aprender a achar primeiro o que quer nossa Tripa, para depois transformar isso em Coração. Você entendeu?

- Mais ou menos.

- O terapeuta falou que ele era um amador com as mulheres porque nunca tinha aprendido a amar e se entregar do fundo da alma para a mulher amada. O mundo hoje está cheio de amadores se achando muito grande coisa, sabe, meu bem? Trate de saber escolher bem os seus namorados. Prefira sempre aqueles que vem dispostos a dar de si para a mulher e para o amor. Para as tripas e para o coração.

- E eu, Vovó?

- Que que tem?

- Como eu faço para colocar isso na minha vida?

- Você, meu bem, trate de encontrar muito bem o que quer fazer do fundo de sua alma e lute visceralmente por isso, por mais difícil que seja ou pareça. Quando você estiver entregue para isso, vai descobrir como é a Arte com A maiúsculo.

A menina ficou olhando calmamente o balançar da cadeira e o pequeno volume de poesias da velha senhora. Nunca esqueceria daquele barulho e do cheiro do mato orvalhado pela manhã da fazenda.

- Vó?

- Oi!

- Você é mesmo uma artista.

A Vovó olhou fundo na alma de sua menina, com olhos sorridentes.

EXERCÍCIO DA VOVÓ

Durante toda essa próxima semana, reflita sobre onde você gostaria de colocar seu corpo e sua alma, e quais as dúvidas que lhe impedem de lutar para valer?

Autor(a) Texto: Marco Antonio Spinelli
Autor(a) da Imagem:
Música e Autor(a):
Colaboração: Marco Antonio Spinelli
 

Copie e cole o código acima nos comentários (Scraps) dos seus amigos.
2000-2014 © Sorria.com.br