O jardim da amizade

O jardim da amizade

Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza…
Passou uma jovem e ficou admirada com a flor. Logo pensou em Deus.
Cortou a flor e a levou para a igreja.
Mas, após uma semana a flor tinha morrido.

Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza.
Passou um homem, viu a flor, pensou em Deus,
agradeceu e a deixou ali; não quis corta-la para não mata-la.
Mas, dias depois, veio uma tempestade e a flor morreu …

Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza.
Passou uma criança e achou que aquela flor era parecida com ela: bonita, mas sozinha.
Decidiu voltar todos os dias.
Um dia regou, outro dia trouxe terra, outro dia podou, depois fez um canteiro, colocou adubo…
Um mês depois, lá onde tinha só pedras e uma flor, havia um jardim!

Assim se cultiva uma amizade…

E como nem sempre a distância nos permite cultivar as amizades como gostaríamos,
espero que esta mensagem possa ser um pouquinho de adubo,
para que a nossa amizade nunca morra por falta de cultivo…
Amigos, obrigado por existirem no jardim de minha vida.

Relacionadas: